Linaldo Guedes

Eugénia Tabosa e a sedução das palavras

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com A poesia de Eugénia Tabosa chega ao sabor do vento, como bem define o título desta coletânea (“Ao sabor do vento”, Arribaçã Editora, 2021). Em época de malabarismos na linguagem, até como forma de se impor dos…

Débora Gil escreve um thriller do Brasil contemporâneo em seu primeiro romance

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Débora Gil Pantaleão é uma das autoras mais instigantes da literatura brasileira contemporânea. Sim, porque ela não para. Está sempre produzindo: poesia, contos, etc. Quando não, ministra aulas, dá oficinas literárias e edita livros, num trabalho magnífico…

Daiana Targino mostra com poesia a trajetória de Marta, a melhor do mundo

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Sim, estamos em plena pandemia ainda. O Brasil, por exemplo, ainda não vacinou nem metade de sua população, e olha que já estamos quase no final do ano. Mas a vida tenta prosseguir, em meio ao medo…

Alê Motta constrói um kitsch às avessas sobre nossos “Velhos”

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Uma das canções mais bonitas de Caetano Veloso está no disco “Velô”, de 1984. Trata-se de “O Homem Velho”, onde o artista baiano de certa forma idealiza a velhice, ao afirmar que “o homem velho é o…

Aurélio e a poesia que traz o vento leve das ruas

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Antônio Aurélio Cassiano de Andrade é nome de poeta! De poeta com muita qualidade. Daqueles poetas que a gente pensa não existir mais. Aqueles poetas que são poesia antes de serem poetas. Até pela sua história, Aurélio,…

O caldeirão fantástico de José Sarmento para nos lembrar das agruras do nordestino

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Imagina Antonio Conselheiro, seca braba, imigração e realismo fantástico tudo junto e misturado num livro só. Imaginou? Pronto, é mais ou menos isso que você vai encontrar no livro “Os Miseráveis da Seca”, de José Sarmento, publicado…

Elmano Menezes mostra as mortes diárias que existem em nossas vidas

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Ariano Suassuna a definia como o único mal irremediável, que iguala ricos e pobres. A morte é sempre um tema que preocupa filósofos, religiosos e poetas, entre outros. Há quem diga que as religiões, inclusive, nasceram como…

Lourenço Dutra é o poeta que desenha o concreto

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Lourenço Dutra chega com “Desenhada em concreto” uma obra interessante e necessária para quem quer conhecer, através da poesia, Brasília e o Planalto Central. Lourenço, aliás, é um exemplo prático dessa mistura de brasis existente em nossa…

As ilhas que encontramos na poesia de Porcina Furtado

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com A ilha é uma extensão de terra firme cercada de água por todos os lados, costumam dizer os compêndios escolares. Ou também costumamos dizer que “fulano vive numa ilha”, quando queremos falar de alguém que gosta do…

As formigas narrativas de Renato Tardivo em seu primeiro romance

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Diz um ditado popular que quando a esperteza é grande, engole o dono. Parafraseando essa máxima, diríamos que em Literatura quando a inventividade é exagerada, engole o livro. Tenho recebido muitos livros ultimamente. Alguns exageram na criatividade…

<