Linaldo Guedes

Coletânea reúne contos baseados nas canções de Raul Seixas

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Depois da música brega, agora é a vez das composições de Raul Seixas receberem homenagens de grandes autores da literatura contemporânea no Brasil. A coletânea “Conte outra vez”, que é digital e gratuita, pode ser lida na…

Salve, salve as novas poetas paraibanas

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com A Paraíba ganhou mais duas poetas este ano. Ganhou é uma forma tosca de dizer que Jennifer Trajano e Aline Cardoso finalmente estrearam em livro suas produções poéticas. As duas já atuam em movimentos e ações literárias…

A glamourização da atividade de escritor

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Pego emprestado uma expressão da escritora Ana Adelaide para intitular este artigo. De fato, estamos vivendo no Brasil, hoje, uma espécie de glamourização da atividade de escritor. E isso ocorre por ene fatores, que fazem com que…

A cultura da violência nossa de cada

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Quando vejo o sucesso de filmes como “Coringa” ou “Bacurau”, percebo o quanto a cultura da violência está impregnada em nós, seres humanos, desde sempre. E aqui não vai nenhuma crítica ao mérito artístico de tais filmes,…

Leminski muito além da poesia panfletária e dos trocadilhos

Linaldo Guedes Linaldo.guedes@gmail.com Uma celebração à poesia de Paulo Leminski, poeta paranaense que nasceu em agosto de 1944 e faleceu em junho de 1989, e que está entre os autores mais vendidos no Brasil. Isso pode ser encontrado no livro…

Scorcese é Cinema, mas quem não é?

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Cinema é muito mais do que a tecnologia que reproduz fotogramas de forma rápida e sucessiva criando a chamada “ilusão de movimento”. Cinema é muito mais do que todos os filmes de Martin Scorcese. Do que todos…

Solha e o resgate dos nossos Ulisses de cada poesia

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com  A literatura, como a vida, é cíclica. Vejam o caso de “Ulisses”, fenomenal obra de James Joyce que narra 18 horas na vida de Leopold Bloom pelas ruas de Dublin. O próprio Joyce admitiu, quando a obra…

Chico César e a revolução que vem da música

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Desde seu primeiro disco – Aos Vivos – que Chico César vem se tornando uma das vozes mais consistentes da Música Popular Brasileira. Já lá se vão quase 25 anos, quando nos encantamos com canções como “À…

Flávio Tavares e a bagaceira que corrói em nossas instituições

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Censura ou não, a retirada de um quadro do artista Flávio Tavares da Sala de Concertos Radegundis Feitosa da Universidade Federal da Paraíba expõe, mais uma vez de forma risível, o descaso com que as instituições públicas…

Alvim desdenha o talento que não pode comprar

Linaldo Guedes linaldo.guedes@gmail.com Há um ditado que diz que quem desdenha, quer comprar. Outro, afirma que quem disso usa, disso cuida. Ambos se encaixam perfeitamente nas ações de alguns ministros e auxiliares do governo Jair Bolsonaro. Aliás, se encaixa no…